Roteiro para festas de namorados, encalhados e outros dados…

Hoje, Quinta-feira dia 11 Fevereiro
DJ Motiv8 (dj dos Black Eyed Peas)
Andromeda – Vila Real

* Este dj, segue em tourneé pelo nosso país e vai estar sexta na Emotion em Torres Novas e no sábado no Ganesh club em Amarante e no domingo dia 14 Fev. no In Seven Club em Lisboa.

DâM-FunK foi uma das revelações de 2009 agora findo, tendo o seu perfil e trabalho público começado a crescer a partir da sua base em LA, onde com as suas festas Funkmosphere iniciou o seu processo de sedução planetária das pessoas para o seu som que cunhou de “modern funk”.

A sua ressuscitação do som do funk dos 80’s – mais depurado e mais doce, masculino e glamoroso – informado pelo eixo anterior parliament/funkadelic, bem como pela house de Chicago e o g-funk de início dos 90’s da sua nativa Costa Oeste, concretizou-se em pleno na edição no final do ano passado do seu primeiro álbum “Toeachizown” (edição da Stones Throw), que marcou presença nas listas dos melhores discos do ano em praticamente todas as publicações que importam na avaliação da contemporaneidade da música.
 
De um dj set seu pode-se esperar o verdadeiro espírito de entusiasmo e partilha de música. O homem não se coíbe de se pronunciar ao micro durante a viagem que propõe, desde agradecendo o clube e os seus anfitriões a avisar o povo na pista quando vai mudar o ‘tempo’ na malha seguinte. 

Ele grita os nomes dos artistas que passa, títulos de canções e ano de edição das suas obscuras pérolas que selecciona e até instruções para apreciar o seu trabalho: “Ladies, if any guys ask you to dance, do not refuse. I repeat, do not refuse-use-use”. Também no Festival All Tomorrow Parties de NY, em Setembro último, DâM-FunK disse algo que provavelmente poucos, senão nenhum dj alguma vez disse: “Animal Collective in the house!” Prenúncio de f-e-s-t-a!
 

Dam Funk apresenta o seu modo de vida, totalmente dedicado ao boogie funk, prestando homenagem aos pioneiros deste movimento…

Dam Funk, aqui num dj set, onde agita as massas dançantes…Era giro fazer uma festa assim no Oceanário (Senhores directores de museus, abram as portas ao pessoal!) aposto que os peixinhos, até iriam gostar destes funky beats!?

Regresso aos palcos nacionais após praticamente dois anos de um dos grandes da canção e do pop deste arranque de milénio. Autor do clássico absoluto ‘Person Pitch’ e co-autor de todas as maravilhosas obras-primas que os Animal Collective teimam em nos oferecer ano sim, ano sim, Noah Lennox, integradíssimo cidadão lisboeta e benfiquista dá o seu primeiro concerto depois da mítica actuação no B.Leza, para mostrar à capital como vai todo o som que tem na cabeça, em véspera de disco novo.
 
Detalhes do Evento:
 
Concerto: Panda Bear e DâM-FunK dj set
Local: Lux Frágil
Data: 12 de Fevereiro
Horário: 23h

Entrada: 15€ (à venda a partir de hoje Quarta-feira dia 13 na bilheteira do Lux, loja Flur e loja Louie Louie).


Sexta, 12 Fevereiro
Drum’n’Bass c/ dj Nuno Forte, Bob Figurante (Dubstep/Jungle) + Downbeat (DNB)
Club 8 – Aveiro

Sábado 13 Fevereiro
O Baile vs Kali Records apresentam Radioclit (UK)+Plaid live(UK)+ Octapush (live)+ B.Rich+ DJ Ride…entre muitos outros por várias salas do…
LX Factory- Lisboa

Clash Club com Roman Flugel (Alter Ego, Klang Elektronik, Turbo)+ Teenage Bad Girl + Silverio
Teatro Sá da Bandeira – Lisboa

Sábado 13 Fevereiro
Freima Showcase! com Señor Pelota + Fulano 47 + Ludovic
Gare – Porto

Sábado 13 Fevereiro
Nations in Dub #3 – International Soundsystem Linkup c/ Jah Free (The Dub Acvist- UK) + Delimighty Sounds + Roots Dimenson Soundsystem
Lx Casting Club- LX Factory

Video da semana online (international):

Steve Aoki ft. Zuper Blahq – I’m In The House

Video clássico:

D-Mob “We Call It Acieed”
Classic club song from 1988…
A explosão do acid house no final dos anos 80 deu-se com estes paus…
O produtor britanico Danny D, atento aos sons que vinham dos States, e das batidas house que se ouviam nas raves ilegais que surgiam todos os fins-de-semana, lança-se ao mundo com este hit single “We Call It Acieed” e acreditem que atingiu o 3º lugar do top inglês! A revolução estava nas ruas! Aciiiiid!! Aciiid!!!…

Video da semana (emissão tv):


Hot Chip – One Life Stand

Vindos de Inglaterra, os Hot Chip têm sido uma das bandas indie mais dançantes da cena recente. Um colectivo, traz-nos uma atitude arty, ritmos contagiantes e sentido de humor. Em palco são presença constante nos melhores festivais europeus. Este tema, soa-me a Heaven 17 (outra grande banda pioneira da electro pop britanica, mas estes nascidos nos anos 80 e da mesma fornada de uns Human League…)!. Aliás a tradição britanica de bandas electro pop é rica e cheia de bons exemplos, se ouvirem a La Roux, podem ver pontos de contacto com os primeiros trabalhos dos Eurythmics. Os Hot Chip são uma banda simpatica, fazem boa e sincera pop electronica. Este é o último single deles e foi lançado no dia 1 de Fevereiro.

4 responses to “Roteiro para festas de namorados, encalhados e outros dados…

  1. dá me uma dica… quassão pa ti os melhores dj’s da actualidade?

    • Em breve vou postar aqui sobre o assunto. Mas é discutível, cada um de nós tem um gosto que se vai formando, ao longo dos tempos. Claro que para um jovem de 15 anos, o Tiesto é o melhor. Porque esse jovem não ouviu muita coisa na sua curta experiência de vida e porque a música do Tiesto é como os discos dos Onda Choque ou dos Patinhos, um conjunto de sons perfeitamente assimilados e de fácil audição. Com o tempo, tornamo-nos mais exigentes. Por isso, pessoalmente prefiro um Erol Alkan ou um Laurent Garnier…enfim tantos dj’s e cada um com o seu toque pessoal, com a maneira própria de fazer a arte djing… Podia referenciar muitos mais, em vários generos, porque a riqueza da música de dança é essa…pluralidade e fusão. Confuso?
      ABRAÇO
      X

  2. erol alkan deu show,foi 5 estrelas,ouço musica electrónica há largos anos comecei com dave clarke , carl cox e laurent garnier amava esses artistas, dave clarke vi o ano passado na fonte da telha fiquei mesmo triste uma pessoa que idolatrava teve um set tão fraquinho e repetitivo parecia que não queria estar ali com o passar dos anos deixeime de ouvir tanto techno e dediquei-me mais ao electro,nao ligava muito a daft punk mas quanto vi aquele video de justice (d.a.n.c.e) foi amor !bem resumindo,uma opiniao muito pessoal dos djs mais dotados para mim nesta hora sem duvida steve aoki que é um bad boy que pos tds malucos em lisboa e boize noize,abraços xavier

    • O Dave Clarke tem dias…lol Fica atento a programação da tenda electronica no Rock in Rio deste ano vai ter nomes que gostas ou na linha…o Laurent Garnier, sou grande fã dele, vai estar no Super Sock, Super Meco…
      abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s