Passagem de Ano no Porto…

null

Depois de um final de ano festivo com gente do Norte, estive na Sala 114, onde actuaram Dj Vibe, Tó Ricciardi, Diego Miranda na main room com um fantastico sistema de som Funktion One. Peço desculpa aos outros dj’s que não ouvi, pois estive mais atento ao que se passava na upstairs room, a sala de cima onde actuei lá pras 3 da manhã. Uma horita apenas não deu para aquecer. Lindstrom, Gino Soccio, fizeram-nos companhia. Antes, na mesma pista, evoluiram a Dj Sandrinha com o seu deep house excelente e Nuno F. Depois de mim, os “Bons Rapazes” da Antena 3, Alvaro Costa e Miguel Quintão fizeram a festa. O Leote ainda reabriu a pista, só para convidados. E de repente já era de manhã…e já estavamos em pleno 2009 com algum sol envergonhado surgia entre as nuvens. A cidade do Porto, nestas horas matinais tem outra beleza. Ovnis. Deu para ver um senhor que mais parecia o Rasputine, de barba cinzenta até ao peito e chapéu turco, vestido com um casaco azul escuro até aos pés e de ténis brancos (!). E lançou-me um olhar estranho…será que ele sabia que eu tinha um disco dos Boney M no carro? Estranho personagem. E lá prós lados da Circunvalação, deparei-me com uma Renault 4 L totalmente vermelho flourscente. Tenho testemunhas oculares. Depois de andar ás voltas, para tentar chegar ao hotel, ainda deu para ir a Valongo! Lá consegui chegar ao Star Inn, o hotel que me estava reservado. Uma série de aventuras, nas ruas do Porto, que mete gaivotas enormes a passear, cimbalinos, garrafas de água e vidros embaceados, lentes Essilor. São e salvo, finalmente foram umas horas de descanso. Depois siga para Vigo. Mas uma coisa posso dizer o Porto é sempre uma aventura.

Os comentários estão fechados.